Sobre este Relatório

Tag

O presente relatório é o segundo Relatório de Sustentabilidade do grupo empresarial ALDI Nord. Ao proceder à sua publicação, cumprimos a promessa de informar as nossas partes interessadas internas e externas de forma regular e transparente sobre os nossos objetivos e medidas sociais, ambientais e económicos. O relatório destina-se principalmente a clientes, colaboradores, fornecedores e parceiros de negócio, bem como ao público interessado.

Desenvolvimento: nova estrutura e mais conteúdos

O Relatório de Sustentabilidade 2017 consiste em duas componentes principais: os conteúdos clássicos e as boas-práticas. As páginas de resumo “Gestão”, “Temas Principais” e “Dados & Normas” são o ponto de partida para a introdução dos respetivos temas do relatório. Nestas reportamos o nosso ponto de situação em termos de sustentabilidade e os nossos objetivos para o futuro. Estes conteúdos estão disponíveis para download em formato PDF. A página principal cr-aldinord.com apresenta ao leitor algumas stories – histórias informativas sobre as atividades de todo o grupo empresarial em termos de sustentabilidade (os nossas “Destaques“). Desta forma, pretendemos apresentar a clientes e colaboradores perspetivas novas e interessantes para que o tópico da sustentabilidade se torne mais consistente. São também apresentados os perfis dos países ALDI Nord e respetivas atividades.

Período de referência do relatório e modo de publicação

[GRI 102-50] O relatório abrange o período de 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2017. Os acontecimentos específicos foram tidos em conta até ao fecho da redação a 31 de março de 2018. Na página principal, as stories serão atualizadas e complementadas também fora do período do relatório de forma a comunicar novos desenvolvimentos.

[GRI 102-52] O Relatório de Sustentabilidade do grupo empresarial ALDI Nord será publicado a cada dois anos. O próximo relatório será presumivelmente publicado no ano de 2020.

O relatório está disponível em alemão e sete outras línguas. Em prol de uma melhor legibilidade, prescindimos da dupla denominação relativa ao género bem como da legitimação da natureza jurídica.

Âmbito do relatório e editora

[GRI 102-54] Os temas apresentados no presente relatório foram escolhidos com base na análise de relevância. O relatório cumpre os requisitos fundamentais (opção “Core”) das Diretrizes G4 da Global Reporting Initiative (GRI). O GRI Content Index apresenta uma breve visão geral.

[GRI 102-1, -3, -5] A editora do relatório é a ALDI Einkauf GmbH & Co. oHG, Essen (a seguir designada por ALDI Einkauf). As sócias da ALDI Einkauf são principalmente as ALDI GmbH & Co. KGs, que, na Alemanha, constituem um grupo empresarial (“Gleichordnungskonzern”, de acordo com o direito alemão), ou seja, um conjunto de sociedades regionais juridicamente independentes. As sociedades estrangeiras da ALDI são licenciadas da Marca ALDI. Todas estas empresas juridicamente independentes formam o grupo empresarial ALDI Nord, que é o objeto do relatório. Eventuais desvios em alguns indicadores ou conteúdos são assinalados em conformidade. A compra de produtos para a ALDI Luxemburgo decorre através do Departamento de Logística e Compras da ALDI Bélgica. No entanto, a ALDI Luxemburgo e a ALDI Bélgica são sociedades juridicamente independentes, as quais, por motivo de simplificação, são, por norma, apresentadas resumidamente neste relatório.

[GRI 102-48, -56] Os conteúdos e indicadores selecionados para o ano de 2017 foram submetidos a uma auditoria técnico-económica pela sociedade de auditoria independente Flottmeyer • Steghaus + Partner. Estão identificados com o símbolo  . O certificado de auditoria independente está disponível para download. As alterações retroativas de indicadores referentes a relatórios anteriores encontram-se devidamente assinaladas.

Certificado de Auditoria

O certificado de auditoria independente está disponível para download.

Alteração da organização

[GRI 102-10] No início do ano de 2018, a atividade empresarial das sociedades regionais Hoyerswerda e Könnern (Alemanha) foi reestruturada. As lojas pertencentes a ambas não foram afetadas, tanto quanto possível, por estas alterações. Com a nova organização dos departamentos de logística e da administração, pretende-se um melhor fornecimento das lojas e, consequentemente, dos clientes. Por exemplo, um melhor aproveitamento dos camiões significa menos trajetos logísticos. Também a nossa cadeia de abastecimento está a melhorar, passo a passo, a favor de um diálogo mais intensivo com os nossos fornecedores (p. ex. projeto compra sustentável de têxteis).

 Capítulo verificado