Relevância

Tag

Queremos saber quais os temas de sustentabilidade com maior relevância para as nossas partes interessadas (stakeholders) e em que áreas a nossa atividade tem maior impacto. Apenas desta forma podemos definir prioridades para o nosso trabalho diário e para os relatórios de sustentabilidade. Para o efeito, baseamo-nos nos resultados do nosso processo de análise de relevância.

Continuação do processo de análise de relevância 2017

[GRI 102-49] Desde o nosso primeiro processo de análise de relevância para o Relatório de Sustentabilidade 2015 que a nossa abordagem tem sido desenvolvida. Em 2017, entrevistámos 3200 stakeholders ao nível de todo o grupo (entrevistas presenciais ou questionários online), o que contribuiu para o aumento significativo da robustez dos resultados. Pela primeira vez foram também considerados clientes existentes e potenciais.

Resumimos abaixo, em detalhe, as nossas melhorias:

Método da consulta

[GRI 102-46] De uma forma geral, ampliámos significativamente o âmbito e a cobertura das nossas entrevistas. A favor de um intercâmbio direto com os nossos stakeholders, prescindimos da análise de documentos no ano de 2017. Em vez disso, entrevistámos 3000 clientes em cinco países onde o ALDI Nord está presente, através de um painel online especializado para clientes. Alargámos também os inquéritos internos ao integrar outros departamentos da empresa, nomeadamente as respetivas gerências e responsáveis pela área de Corporate Responsibility (CR). Através de entrevistas presenciais ou telefónicas, falámos, na Alemanha, Dinamarca e em Portugal, com fornecedores selecionados, representantes de organizações não-governamentais (Non-Governmental Organisation – NGO), representantes da entidade patronal e peritos bem como com duas sociedades regionais na Alemanha. As entrevistas aos peritos serviram para avaliar o impacto da nossa atividade empresarial ao nível económico, ambiental e social.

Selecção dos stakeholders

[GRI 102-40, 42] Focámos a realização de entrevistas nas partes interessadas com maior importância para o ALDI Nord. Para o efeito, os stakeholders foram categorizados por grupos e avaliados conforme a sua relevância para o ALDI Nord, tendo sido considerados os seguintes fatores:

  • De que forma o grupo de stakeholders é afetado pelas consequências económicas, ambientais e sociais da atividade empresarial do ALDI Nord?
  • O grupo tem influência no sucesso da empresa?
  • Existe um potencial de conflito entre o grupo de stakeholders e o ALDI Nord?

Através deste método foram definidos os seguintes grupos de stakeholders com importância para o ALDI Nord:

  • Clientes e clientes potenciais
  • ONGs, iniciativas e associações
  • Colaboradores
  • Representantes da entidade patronal
  • Parceiros comerciais/fornecedores

Outros grupos de stakeholders (p. ex. representantes políticos ou comunicação social) são também tidos em consideração no trabalho diário que fazemos. Contudo, estes não foram considerados no âmbito da nossa análise de relevância.

Perspetivas de avaliação

[GRI 102-46] Pedimos a todos os stakeholders que avaliassem os diferentes temas de sustentabilidade numa escala de “não importante” a “muito importante”. Clientes, ONGs, colaboradores, representantes da entidade patronal e fornecedores avaliaram a importância dos temas do ponto de vista dos stakeholders. As gerências das respetivas sociedades juridicamente independentes do ALDI Nord avaliaram o impacto dos temas no sucesso empresarial. Além destas, durante o processo em 2017, foi acrescentada uma nova perspetiva: a dos peritos em matéria de sustentabilidade. Para o efeito, entrevistámos peritos científicos e de investigação e interrogámos, adicionalmente, os peritos CR do ALDI Nord. Para cada um dos assuntos, estes avaliaram a influência da atividade comercial na economia, ambiente e sociedade.

Lista dos temas

[GRI 102-49] Os inquiridos puderam avaliar 42 temas, temas estes que se encontram abrangidos pelas cinco áreas de atuação e pela área ”Gestão“. A lista dos temas foi atualizada de acordo com o ano de referência, de forma a considerar os recentes desenvolvimentos no sector do comércio e em termos de sustentabilidade. Por isso, os resultados são apenas parcialmente comparáveis com os do ano de 2015.

Matriz de relevância

[GRI 102-46, 47] Os resultados dos inquéritos foram resumidos numa matriz de relevância, conforme requisitos da Global Reporting Initiative (GRI). O eixo vertical mostra a relevância dos temas para as nossas partes interessadas (quanto mais alto, maior a importância). O eixo horizontal identifica o grau de influência da atividade do ALDI Nord na economia, no ambiente e na sociedade, do ponto de vista dos peritos entrevistados (quanto mais à direita, maior a importância). Um círculo à volta do tema identifica os temas de relevância “muito alta” para o sucesso empresarial, de acordo com as gerências. Os restantes temas têm uma relevância “alta” e não são identificados com uma marca especial.

Os vários temas específicos que compõem um tema principal são apresentados ao clicar nos mesmos.

Comunicação com o cliente
  • Marketing responsável e comunicação transparente
Transparência & Diálogo
  • Diálogo com os stakeholders
  • Transparência e relatórios
Sensibilização dos consumidores
  • Promoção de um estilo de vida saudável e sustentável
Compromisso Social
  • Compromisso Social
  • Oferta de bens alimentares a preços baixos
Oferta diversificada de produtos
  • Produtos para regimes de alimentação específicos
Embalagens & Circuito
  • Economia Circular
  • Embalagens mais sustentáveis
Sortido mais sustentável
  • Identificação de produtos e serviços
  • Mais produtos sustentáveis
  • Qualidade e segurança dos produtos
Normas sustentáveis na cadeia de abastecimento
  • Condições laborais na cadeia de abastecimento
  • Consequências das atividades agrícolas, florestais e de pesca no ambiente e na biodiversidade
  • Utilização de substâncias químicas na produção
  • Diálogo com os stakeholders na cadeia de abastecimento
  • Engenharia genética na produção
  • Empenho para o bem-estar animal
  • Relações comerciais justas
  • Práticas de compra sustentáveis
  • Otimização do consumo de recursos na produção
  • Transparência & Rastreabilidade na cadeia de abastecimento
Compliance
  • Proteção de dados
  • Ética nas práticas comerciais e Compliance
Valor acrescentado regional
  • Responsabilidade enquanto investidor, empregador, contratante e fornecedor ao nível regional
Relação com os clientes
  • Orientação para o cliente e qualidade de serviço
Gestão empresaral
  • Sustentabilidade na gestão da empresa
  • Sucesso económico
Segurança no trabalho & Proteção de saúde
  • Segurança no trabalho
  • Saúde dos colaboradores
Empregador atrativo
  • Formação
  • Empregador justo
  • Sensibilização dos colaboradores para temas de sustentabilidade
Diversidade & Participação
  • Incentivo à participação dos colaboradores
  • Diversidade e Igualdade
Conciliação profissão e família
  • Conciliação de vida, família e profissão
Desperdício Alimentar & Resíduos
  • Resíduos na empresa
  • Evitar desperdício alimentar
Proteção do clima
  • Redução de emissões de gases fluorados com efeito de estufa provenientes de processos empresariais
  • Proteção ambiental nas localizações da empresa
Mobilidade & Logística
  • Logística sustentável
  • Mobilidade sustentável

Resultados principais

[GRI 102-46] Os resultados confirmam, em grande parte, a nossa avaliação feita até a data. De uma forma geral, todos os temas foram considerados de relevância alta ou muito alta.

Os temas da área de atuação de responsabilidade na cadeia de abastecimento foram considerados, pelas nossas partes interessadas, de relevância “muito alta”; do ponto de vista dos nossos peritos de sustentabilidade, têm “um impacto alto na economia, ambiente e sociedade”. O tema “Resíduos & Desperdício Alimentar” foi considerado importante, tendo em conta que reflete o intenso debate público sobre o mesmo. Este é também trabalhado ao nível do grupo. Além disso, a leitura da matriz reflete a discussão pública referente à gestão das embalagens.

Apesar de não se encontrarem em foco, os temas “Valorização do colaborador“, “Promoção do diálogo“ e “Conservação de recursos“ denotam, na mesma, uma relevância alta. Previsivelmente, os temas da área de atuação “Empenho social” foram considerados, por todos os grupos, menos relevantes em comparação com os restantes temas.

Impactos para o relatório

[GRI 102-44] No Relatório de Sustentabilidade 2017 encontra os temas de maior relevância da matriz nos ”Temas centrais“. Os mesmos encontram-se ordenados por ordem decrescente de relevância. O tema “Normas Sustentáveis na Cadeia de Abastecimento” foi dividido em “Food” e “Non-Food”. O tema “Sortido mais Sustentável” foi subdivido em “Qualidade dos Produtos” e “Sortido”. Os temas “Comunicação com o cliente” e “Orientação para o Cliente” foram agregados, assim como os temas “Diversidade e Igualdade” e “Conciliação Profissão e Família”.

Na definição dos “Destaques“ focámo-nos nos temas mais importantes para as nossas partes interessadas: clientes e ONGs. Estes são complementados por pequenas histórias do grupo empresarial.