O que distingue uma banana biológica?

Biológico significa muito mais do que o logótipo verde e branco num produto. O termo representa sobretudo o dedicado compromisso dos produtores e fornecedores para com alimentos de alta qualidade e cultivados de forma ecológica. E isto é válido também para o fruto amarelo e curvo.

Tag

Os europeus comem em média cerca de oito quilos de bananas por ano. A banana é uma das culturas arvenses mais antigas do mundo e um dos mais importantes produtos comerciais. Mas a história de sucesso da banana não está livre de problemas: há desafios ambientais e sociais associados ao seu cultivo, por exemplo, no que diz respeito à utilização de pesticidas ou às condições de trabalho nas plantações.

O ALDI Nord é um dos maiores comerciantes de bananas a nível internacional. Desde 2017 que nas lojas da Alemanha, Bélgica e Dinamarca são vendidas exclusivamente bananas biológicas Fairtrade ou bananas certificadas pela Rainforest Alliance. Em particular, as bananas biológicas assumem um papel cada vez mais importante no grupo empresarial.

Banana

EU-Bio, Rainforest Alliance & Co.: um farol num mar de selos de sustentabilidade

Os selos de sustentabilidade existem em todas as cores e formatos. Ajudam os consumidores a tomar decisões conscientes e tornam esse processo mais fácil. Na nossa opinião, fazem sentido. Por essa razão, na rotulagem dos nossos produtos utilizamos diferentes selos, dependendo de que categoria de produtos se trata. Também existem diferenças de país para país: em alguns países, os clientes encontram sobretudo selos nacionais especiais nos produtos. O que têm todos estes selos em comum? Os produtores ou fornecedores que os utilizam na rotulagem têm, regra geral, que passar por um exaustivo processo de certificação. Ainda assim, vale a pena olhar com atenção. Um olhar atento permite identificar o que se esconde por trás de cada um dos selos.

Da América do Sul e Central para o mundo: é assim que a banana biológica chega ao mercado

A viagem percorrida pela banana é longa. Se se trata de uma banana que terá mais tarde o selo EU-Bio ou Fairtrade, tal é decidido logo ao início. E a todas as fases na cadeia de abastecimento se aplica o seguinte: mercadoria biológica e matérias-primas convencionais têm que ser separadas rigorosamente. Além disso, tem que ser possível rastrear, em qualquer momento, de onde vêm as bananas. Isto aplica-se a todas as bananas e normas.

Bananeira com frutos

Cultivo

É assim que tudo começa na origem: enquanto as nossas bananas biológicas com selo Fairtrade são cultivadas sobretudo no Peru, as nossas bananas com certificação da Rainforest Alliance provêm em grande medida das Honduras, Equador e Costa Rica. É lá que crescem num clima tropical, em bananeiras com vários metros de altura. Demora três meses até que o fruto esteja maduro. Há muitos desafios que têm que ser ultrapassados logo na fase de cultivo. Incluem-se os salários dignos, os direitos laborais, a utilização de pesticidas, a conservação da biodiversidade e a rastreabilidade dos produtos. Para cumprir as exigências contidas no regulamento da UE relativo aos produtos biológicos, os produtores não podem utilizar pesticidas ou adubos químicos e devem respeitar a sequência de culturas mais adequada.

Estação de embalamento

Depois da apanha e antes do transporte: na estação de embalamento, as bananas são preparadas para a sua grande viagem e são sujeitas a um rigoroso controlo de qualidade. Para isso, as bananas são divididas em cachos com um máximo de oito bananas. Depois de lavadas e de dotadas das respetivas etiquetas e selos, seguem em caixas em direção ao porto.

42 días
O transporte da América do Sul para Europa demora até 42 días.

Embarque no navio

Em cerca de quatro a seis semanas, as bananas chegam em navios frigoríficos aos seus mercados de destino. As baixas temperaturas nos navios são importantes. Estas evitam que os frutos, que ainda estão verdes, amadureçam demasiado rápido. Também aqui é necessário respeitar os requisitos do selo EU-Bio. Estes incluem uma separação entre as bananas biológicas e os produtos de cultivo convencional

Navio no oceano
Bananas maduras

Maturadores e fornecedores

De verde a amarelo: nesta fase, a banana adquire a sua cor característica. Isto acontece num intervalo de tempo que pode ir de quatro a oito dias, em grandes câmaras de maturação, escrupulosamente controladas pelo mestre do processo. Para estimular o processo de amadurecimento é utilizado etileno, um gás natural que os próprios frutos produzem em pequenas quantidades. De seguida, os fornecedores transportam as bananas para os nossos centros logísticos. A partir daqui, somos responsáveis pelo restante caminho percorrido pelas bananas.

Centro logístico

Nos nossos centros logísticos, há um novo controlo atento: os colaboradores do ALDI Nord e controladores externos verificam a qualidade dos produtos que acabam de chegar.

Inspetor controla bananas no centro logístico
Bananas embaladas numa loja

Loja

Uma vez na loja, os nossos colaboradores fazem mais um controlo de qualidade. Depois, por fim, as bananas chegam ao seu lugar nos expositores. A rastreabilidade de todas as frutas e produtos hortícolas é assegurada pela certificação GLOBALG.A.P. Para tal, basta inserir o número GGN indicado na caixa da banana na base de dados online desta iniciativa.

Em casa

Ainda ligeiramente verde ou já completamente amarela, agora só falta saborear a gosto. Dica: para amadurecer as bananas em casa, coloque-as junto a maçãs. Estas produzem bastante gás de maturação etileno.

Durante 4-8 dias, as bananas amadurecem em câmaras de maturação, onde passam de verdes a amarelas.

Selos biológicos nacionais

Para além do selo EU-Bio, existem ainda outros selos utilizados. Na Dinamarca, por exemplo, para além da folha verde da União Europeia, há o selo nacional dinamarquês, o “Selo Ø”“. Este tem uma ótima reputação junto da população.

Selo-Ø Dinamarca
Conteúdos adicionais
Temas principais
Orientação para o cliente & qualidade de serviço

A confiança dos nossos clientes é o nosso bem mais precioso. Há mais de 100 anos que orientamos o nosso sortido e os nossos serviços de acordo com as necessidades dos nossos clientes.

Gestão
Gestão empresarial

O ALDI Nord é um discounter internacional de sucesso. Assumir responsabilidade pela nossa atividade empresarial faz parte da nossa identidade comercial. A nossa Política CR abrange todo o grupo empresarial.

Temas principais
Qualidade dos produtos

Não fazemos qualquer concessão no que respeita à qualidade dos nossos produtos. Para tal, assumimos responsabilidade durante toda a cadeia de produção e abastecimento. As necessidades dos nossos clientes são a nossa prioridade.

Destaques
De onde vêm as barrinhas de peixe?

Cada vez mais pessoas se perguntam de onde vêm os nossos produtos de pescado. E cada vez mais a resposta é: da pesca sustentável. É isto que indica, por exemplo, o selo azul MSC, que se encontra em muitas embalagens.

Temas principais
Um sortido mais sustentável

Proporcionar aos nossos clientes compras de produtos responsáveis, acessíveis e saudáveis faz parte do nosso entendimento Corporate Responsibility (CR). Por isso, ampliamos continuamente a nossa oferta de produtos sustentáveis.

Destaques
Do campo de algodão até à loja: a viagem de um babygro

A maioria das peças de vestuário que os nossos clientes encontram nas nossas lojas já percorreram um longo caminho. A viagem dos nossos babygros começa nos campos de algodão da Índia.

Gestão
Programa CR

No nosso programa CR definimos objetivos claros para todas as áreas de atuação. Os progressos feitos nesse âmbito são comunicados em contexto do Relatório de Sustentabilidade.

Destaques
Os juízes da fruta e dos legumes em ação

Juízes que avaliam maçãs e pepinos? Existem mesmo! Os peritos em frescos contribuem para corresponder às elevadas expectativas dos nossos clientes.

Temas principais
Sensibilização do consumidor

Todos os anos, os nossos clientes efetuam cerca de 1,2 mil milhões de compras nas nossas lojas. É nosso objetivo promover um estilo de vida saudável e sustentável e oferecer compras acessíveis e responsáveis.

Destaques
Frutas e legumes: sustentabilidade em grande escala

Como conseguiremos alcançar melhorias sustentáveis no cultivo de frutas e legumes? Encontramos as respostas na Holanda, num projeto conjunto com fornecedores e produtores.